12 de set de 2010

FERNANDO FALA SOBRE O CASO DE ASSÉDIO...

"Fernando Flores", que processou a estrela por abuso sexual, contou supostos detalhes sobre o caso ao “The Sun”.

Britney Spears voltou a ser assunto na imprensa internacional e teve novas informações sobre sua atual polêmica divulgadas. Em entrevista ao tablóide britânico “The Sun”, o ex-guarda-costas "Fernando Flores" falou sobre os freqüentes abusos que sofreu enquanto trabalhava para a cantora.

O rapaz processou recentemente a estrela por assédio sexual. Em nota divulgada pelo jornal no sábado (11), o rapaz conta que se sentia acuado com a situação. "Britney foi um pesadelo para se trabalhar. Toda a segurança vivia com medo dela. Ela parecia me ver apenas como um brinquedo sexual."

Fernando ainda informou que não foi o único a passar por momentos constrangedores com Britney. "Eu não sou o primeiro funcionário que ela fez isso e eu provavelmente não serei o último."

Já no primeiro dia de trabalho, o profissional relembrou que foi alertado sobre as loucuras da cantora. "Fui avisado no meu primeiro dia de trabalho que deveria ter cuidado, que ela poderia me achar atraente. Mas eu não tinha ideia do quanto ruim ela ficaria. Seu principal guarda de segurança, um ex-soldado das forças israelenses, me disse: ‘Fernando, eu preciso te dar um conselho. Você precisa ser cuidadoso porque ela vai achá-lo atraente’. Ele disse que isso tinha acontecido com mais de um cara", relatou ao jornal.

Por conta do risco, ele confessou que se sentiu com acuado. "Estava com medo porque era apenas o meu primeiro dia e eu não queria perder meu emprego. Tenho uma mulher e dois filhos pequenos para sustentar. E ele disse que se isso acontecesse comigo eu nunca mais ia trabalhar como guarda-costas de Hollywood novamente", completou ele que exige uma quantia de 10 milhões de libras de indenização.

Ainda em entrevista ao “The Sun”, ele contou que conhece um ex-colega de trabalho que também foi abusado. "Tenho dito que pelo menos um guarda-costas antigo está disposto a dizer como ela o assediava sexualmente", disse ele sobre um rapaz que fora demitido pelo pai de Britney, Jamie Spears.

Investida da cantora

"Fernando Flores" ainda descreveu como ocorreu a primeira investida da princesinha do pop conta ele. Após um passeio, ele disse que foi abordado pela estrela. "Quando chegamos de volta a sua casa em Calabasas, ela veio até a porta e chamou: 'Você pode vir aqui, querido?’. Entrei e ela me pediu para ajudá-la a remover algumas fotos de sua câmera. Ela se inclinou sobre mim e notei que seu seio direito estava exposto. Ela me olhou direto nos olhos como se estivesse esperando por algo. Senti que estava sendo testado. Fiquei tão nervoso que minhas mãos começaram a se agitar. Ela pegou a câmera e me disse: ‘Não se preocupe, eu vou fazê-lo’".

Apesar de rejeitar os assédios, Fernando acredita que a cantora era obcecada por ele e o chamava para realizar diversas tarefas. Na época do primeiro episódio, ela estava em um momento tenso com o namorado, "Jason Trawick". Sempre quando a vida amorosa não ia bem, as investidas de Britney se acentuavam. "Britney e Jason estavam sempre brigados e ela parecia muito solitária. A maioria dos dias era apenas ela e sua equipe de segurança. E, às vezes, era só eu e ela em casa. Quando ela e Jason estavam brigados, era o inferno".

O ex-guarda-costas, que falou pela primeira vez sobre o assunto em junho, contou que nutria uma relação próxima com os filhos da princesinha do pop. Fernando disse que também sente falta dos filhos de Britney, "Sean Preston", de 4, e "Jayden James", de 3 anos: "Eu estava perto de ambas as crianças. Eu tinha uma forte ligação com eles". Ele lembrou que, em alguns dias, ela gostava de ser chamada de Britney. Já em outros, ela preferia ser atender pelo nome de Queen B – e começa a falar com um sotaque britânico.

Kevin Federline defende a cantora

Enquanto a popstar tem recebido as acusações, o ex-marido, "Kevin Federline", procurou a defender.

O ex-marido da cantora, "Kevin Federline", se pronunciou a respeito do processo que o segurança de Britney move contra ela. "Ele está convencido de que essas alegações são movidas por um motivo financeiro. São infundadas. E acredita que Flores seja um "oportunista" e "sem estrutura familiar" disse o advogado de Kevin, "Mark Vincent Kaplan".

Fonte: Revista Quem/EGO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário