12 de dez de 2013

VERSÃO ORIGINAL DO CLIPE "PERFUME" TEM 1 MIN A MAIS

O diretor Joseph Kahn continua causando no Twitter, insatisfeito com o lançamento do clipe novo de Britney Spears, “Perfume”. Segundo ele, a equipe da cantora fez vários cortes e alterações na sua edição, o que lhe desagradou totalmente e desviou o conceito imaginado nas gravações. Depois que o vídeo foi divulgado, Kahn correu para o microblog e confirmou que sua edição tinha mais um minuto de duração.

“Os artistas têm o direito de lançar seus vídeos como querem. Sou apenas uma pessoa contratada”, lamenta diretor.

Com tanto alvoroço, muitos fãs da cantora ficaram interessados em assistir a tal versão do diretor. Por isso, foi criado um abaixo assinado virtual, pedindo que a gravadora libere também a edição alternativa. Mais de nove mil pessoas já assinaram até o momento. Para participar, clique aqui.

Nota-se que as cenas da cantora com um revólver não entraram no clipe, embora tenham sido gravadas – como mostraram as fotos feitas pelos paparazzi. Ao que tudo indica, a gravadora quis amenizar os ânimos exaltados nos EUA, com muitas reclamações, acreditando que o vídeo faria referência ao massacre em um colégio. Isso aconteceu porque, nos bastidores, Britney usou um casaco com a estampa da escola.

Fonte: Pop Line.

Nenhum comentário:

Postar um comentário